Meu manual de compras pela internet

Oi, gente! Tudo bem? O post de hoje começa com algumas perguntas, portanto respondam com sinceridade, combinado? Qual foi a última compra de moda que você fez pela internet? A peça veio do jeito que você esperava? Chegou dentro do prazo certinho? Precisou trocar? Esses são alguns dos fatores que levam muita gente a evitar compras online.

Com a pandemia, no entanto, essa modalidade de compras vem ganhando adeptos pela comodidade de não precisar sair de casa e se expor aos riscos inerentes a essa atividade. Por outro lado, muitos ainda preferem comprar em lojas físicas, principalmente quando buscam por roupas e calçados. E você, sente-se confortável comprando esses produtos pela internet?

Minha relação com o e-commerce não é de hoje e precede a pandemia. Comecei a recorrer a ele com mais frequência depois do nascimento do meu filho. Quem é mãe sabe que não é nada fácil ir ao shopping e experimentar roupas com um bebê que mama de duas em duas horas, então a internet foi minha maior aliada nessa fase. Comecei errando feio. Era uma peça maior aqui, outra que nem sequer entrava ali, um tecido que não tinha nada a ver com o que eu imaginava… mas, hoje em dia, os acertos são frequentes; por isso, neste post, vou compartilhar dicas que aprendi ao longo desses cinco anos de compras online. Preparados?

Certifique-se de que a loja é segura

O ideal é comprar em sites de lojas que você já conhece e confia, evitando surpresas desagradáveis; mas se você se encantou com algum produto anunciado no seu feed das redes sociais, sempre cheque se há um cadeado na barra de endereços. É um indicativo de que o site é seguro. Além disso, algumas lojas também possuem selos de segurança (geralmente, no final da página inicial), comprovação de que são realmente confiáveis.

Verifique a política de trocas e devoluções

Quando compro em uma loja pela primeira vez, sempre vou à aba trocas e devoluções e verifico se estou de acordo com as políticas do site. Pode parecer perda de tempo, mas evita futuras dores de cabeça. Além disso, é nessa área que você fica sabendo quantos dias tem para trocar o produto e os meios para isso. E há sites que ampliaram o prazo de troca durante a pandemia, outros que oferecem coleta domiciliar (dependendo do valor da compra) e até alguns que disponibilizam guide shops ou lojas físicas para que você possa experimentar e trocar as peças na hora. O importante é se informar de antemão e conhecer todas as formas disponíveis, caso você precise devolver ou trocar um produto.

Consulte a tabela de medidas

Dica de quem já errou muito no tamanho: não se apegue aos manequins P, M, G… 36, 38, 40 etc. O tamanho das peças pode variar bastante de uma loja para outra. A dica mais segura é conferir sempre a tabela de medidas que aparece quando você clica no produto. Tire suas medidas e compare. Outra dica é conferir as medidas da modelo que está vestindo a peça no site e comparar com as suas. Assim, dá para ter uma noção de que tamanho escolher e de como a peça vai ficar em você.

Fique de olho na modelagem, no tecido e no acabamento das peças

Dependendo da modelagem, do tecido e do acabamento, seu manequim pode variar. Por exemplo: se o tecido estica, talvez você possa investir em um número menor, mas se for plano, aí você vai precisar analisar com mais cuidado o tamanho ideal para você. A boa notícia é que alguns sites já disponibilizam ferramentas para te ajudar a escolher que tipo de caimento está buscando. Você pode selecionar, por exemplo, se prefere a peça justa, na medida certa ou mais larguinha. Através dessa informação, a ferramenta recomenda o melhor tamanho para atender suas necessidades. Também é super importante checar a composição do tecido (eu, por exemplo, evito poliéster) e prestar muita atenção às fotos do produto. Dê um zoom nas imagens e observe a textura do tecido e detalhes como fechos, barras e punhos. Tudo isso vai te ajudar a ter uma noção real de como a peça é.

Leia avaliações de outros consumidores

Desça a página do produto até em baixo e veja o que outros consumidores acharam da peça que você está namorando. Sou fissurada em ler essas avaliações! Há clientes que chegam à minúcia de fornecer suas medidas e contar se o tamanho X serviu ou não e por quê. Muito útil se você está num empasse sobre que tamanho levar! Enfim, vale muito a pena ler essas avaliações e lembrar de deixar a sua também depois que seu produto chegar. Esse senso de comunidade em que todo mundo se ajuda é uma das coisas mais legais de comprar online.

Navegue utilizando filtros

Eu sei, navegar por uma loja virtual pode ser um pouco confuso se você não tem esse hábito. Às vezes, encontrar a peça que se procura pode demorar. São tantas opções, né? Meu atalho é sempre filtrar por cores, tamanhos e, às vezes, marcas. Só isso já elimina setenta por cento dos produtos do site. Quando estou com muita pressa mesmo, nem filtro por categorias. Vou direto à área de buscas e digito o que procuro (salva um tempo precioso), mas se estou interessada em tendências e no que há de novo, clico na área de novidades.

Use os canais de atendimento em tempo real

Alguns e-commerces oferecem plantão e podem solucionar várias dúvidas, seja por meio de funcionários reais ou inteligência artificial. Para quem curte um mimo, sites como Amaro e Gallerist (e não, isso não é um publieditorial) oferecem até serviço de personal stylist online.

Meus e-commerces favoritos

Chega de dicas porque este post já está ficando longo demais. Você ainda está aqui comigo? Espero que sim. ❤ Resolvi listar os meus queridinhos do e-commerce, os sites onde faço compras e sempre dá tudo certo. Nada nesta lista é publi, viu? Ah, e as lojas estão em ordem alfabética, não de preferência, ok? Vamos a elas:

E-commerces para ficar de olho

Aqui estão alguns e-commerces que ainda não experimentei, mas que são fontes de inspiração. Todos são seguros e constantemente citados pelas principais revistas de moda, por isso podem confiar. 😉

E vocês, costumam comprar itens de moda online? Conhecem alguma outra dica que não citei? Digam aí nos comentários. Vamos trocar figurinhas. Beijos.

2 comentários em “Meu manual de compras pela internet

  1. Oi Carlinha!
    Confesso que de uns anos pra cá tenho comprado mais roupas pela internet. Só não arrisquei em calças ainda pois sou bem chatinha pra achar uma legal quando provo, então imagine on-line.
    Mas de resto já comprei acho que quase tudo. Tem uma marca de camisetas que amo, e sempre compro lá. Até pra presente. Mas sei que eles demoram a entrega, então compro sempre antes. Chama Chico Rei, conhece? To sempre com as blusinhas de lá. E na Dafiti comprei uma bota no começo da Pandemia que ficou num precinho show!

    Alguns não conhecia mas já estou abrindo outras abas para fuçar, vai que 😉

    Beijao!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Carla Moreira Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: